Feeds:
Posts
Comentários

Posts com Tag ‘Bedtime story’


 

Quando Madonna lançou o clipe de Bedtime story, em 1995, fiquei fascinado com o vídeo, de clima sombrio e surrealista. Imaginei que ele teria algum significado escondido em cada detalhe, mas não conseguia desvendar nada além do óbvio. Com o passar dos anos, porém, comecei a desconfiar que o clipe não passava de um amontoado de imagens sem sentido. Até que um dia, na casa do cineasta Zelito Viana, vi em um quadro pequeno pendurado na parede, mostrando um homem gordo e careca, seminu, sentado de costas. Não lembro se era foto ou pintura, mas aquilo me pareceu familiar. Dias depois, me dei conta de que era uma cena de Bedtime story. No entanto, como é improvável que Zelito Viana tenha um frame de um videoclipe da Madonna na parede de casa, deduzi que se tratava da imagem original que teria inspirado uma das cenas do vídeo. Então voltei a desconfiar que o clipe seria mesmo rico em significados. Eu me refiro à imagem abaixo:

 

madonnabedtimestory08

 

ATUALIZAÇÃO: Lendo este post, José Luiz, visitante deste blog, meu deu a dica: talvez a imgem acima tenha como referência o quadro Naked man, back view (Homem nu, visto de costas, 1991-92), do artista plástico britânico Lucien Freud (vide imagem abaixo).  Freud não é surrealista como os demais inspiradores do vídeo, mas é neto de Sigmundo Freud, pai da psicanálise e mestre da interpretação dos sonhos. A rferência ao quadro, portanto, pode ser uma dica ao espectador, informando que o clipe é baseado em sonhos, em imagens do inconsciente, e precisa ser interpretado por um viés que fuja do óbvio.

 

lucienfreud

 

A desconfiança de que Bedtime story tinha valor artístico virou certeza quando eu soube que o clipe havia sido adquirido pelo Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) para integrar sua coleção permanente, com status de obra de arte. Curioso, me pus a pesquisar as imagens do vídeo e acabei desvendando quase todas. Mas, infelizmente, continuo sem saber de onde saiu o tal careca de costas…

 

O clipe, dirigido por Mark Romanek, tem duas características principais: é inspirado em diversas pinturas de artistas surrealistas femininas e é rico em simbologia, sobretudo cristã e islâmica. Sua ideia geral é de morte e vida, nascimento e renascimento através da arte, em especial a surrealista, que prega a criação através do inconsciente, a obra de arte como concretização visual dos sonhos, algo que não se pode expressar com palavras, abandonando a lógica e a razão. Como diz a letra da música (de Madonna e Björk):

 

Today is the last day that I’m using words
They’ve gone out, lost their meaning
Don’t function anymore
Traveling, leaving logic and reason
Traveling to the arms of unconsciousness

 

(Hoje é o último dia em que uso palavras

Elas se foram, perderam seu significado

Não funcionam mais

Viajando, abandonando a lógica e a razão

Viajando para os braços do inconsciente)

 

REFERÊNCIAS SURREALISTAS

 

madonnabedtimestory12 madonnabedtimestory13

Esta cena do clipe, que mostra a luz da lua refletindo na água dentro de um poço, provavelmente é inspirada nestas duas pinturas da artista plástica surrealista espanhola Remedios Varo: Nacer de nuevo (Renascer, 1960) e Reflejo lunar (Reflexo lunar, 1957):

021

101

Abaixo, outra imagem do vídeo que pode ter sido inspirada em uma obra de Remedios Varo, Creación de las aves (Criação das aves, 1958):

madonnabedtimestory30

081

A influência de Remedios Varo é mais óbvia na cena abaixo, que replica o quadro Los amantes (Os amantes, 1963), como você pode ver em seguida:

madonnabedtimestory18

madonnabedtimestory20

losamantes

Aqui, uma das cenas mais marcantes de Bedtime story, em que uma Madonna grávida dá à luz uma dúzia de pombos:

madonnabedtimestory22

madonnabedtimestory23

Uma das prováveis inspirações para a cena foi, mais uma vez, Remedios Varo, com seu quadro Les feuilles mortes (As folhas mortas), de 1956. E também a pintura The giantess (A gigante, 1950), da artista plástica surrealista britânica Leonora Carrington. Respectivamente:

111

06a

A imagem de Madonna acolhida por uma caveira remete à pintura L’amitié (A amizade, 1958), de outra artista plástica surrealista, a argentina Leonor Fini, mais uma das principais fontes de inspiração de Bedtime story:

madonnabedtimestory35

03a

O imaginário de Leonor Fini também está presente na cena em que Madonna flutua por uma sala, diante dos olhares espantados de algumas crianças. A referência aqui é o quadro Vision roja (Visão vermelha, 1984):

madonnabedtimestory28

07a

Já a imagem abaixo tem como referência mais óbvia a pintura The ends of the Earth (Os fins da Terra, 1949), também de Leonor Fini:

madonnabedtimestory09

09a

O cabelo da figurante parece inspirado nas personagens de Les jumeaux ingrats (Os gêmeos ingratos, 1982), outro quadro de Leonor Fini:

madonnabedtimestory29

141

E a cena em que Madonna tem um olho no lugar da boca, e bocas no lugar dos olhos, pode ter sido inspirada no quadro Diego y yo (Diego e eu, 1949), de Frida Khalo, sua artista preferida:

madonnabedtimestory33

171

Outra forte inspiração surrealista de Bedtime story é o filme Sayat Nova (URSS, 1968), do cineasta armênio Sergei Parajanov, do que só fiquei sabendo graças à contribuição do Rômulo, leitor deste blog. A obra, sobre o poeta que lhe dá nome, é mais conhecida no Ocidente como The color of Pomegranates. É um filme surrealista, que pretende falar com a linguagem da alma, dos sonhos, do inconsciente. Dele saíram várias imagens que encontramos no clipe de Madonna, como o pé pisando um cacho de uvas sobre palavras escritas, ou a criança sendo coberta. Compare algumas imagens do clipe com as originais do filme:

madonna-bedtime-story

color-of-pomegranates-sayat-nova

madonna-bedtime-story1

color-of-pomegranates-sayat-nova1

Assista a um pequeno trecho do filme e veja que ele também fala por simbolismos, alguns em comum com o clipe, como o peixe, a água, o livro aberto, a pomba branca. São símbolos cristãos primitivos, tão caros à Armênia, primeira nação a adotar o cristianismo como religião:

SIMBOLISMOS

Pomba branca: Na tradição cristã, o batismo é um renascimento, tema central deste clipe. Quando Jesus foi batizado por São João Batista, uma pomba branca desceu até ele. Para os católicos, o animal representa o Espírito Santo.

madonnabedtimestory21

Peixe: Para Jung, é símbolo de um estado profundo de inconsciência, quando visto a nadar em um sonho. Para os cristãos, é um símbolo antigo de sua crença. Nos tempos da perseguição romana, os cristãos usavam o símbolo do peixe para se identificarem entre si como seguidores de Jesus, em segredo. Isso porque as iniciais em grego de “Jesus Cristo filho de Deus Salvador” formam a palavra “peixe”. Era uma forma de se dizer cristão sem precisar de palavras para isso, exatamente como Madonna faz neste clipe. Ao contrário de muitos de seus vídeos anteriores, Madonna não mostra nenhuma cruz em Bedtime story; porém, este é seu vídeo com o maior número de símbolos cristãos. (Naquela época, 1995, ela ainda não era adepta da cabala, doutrina esotérica de origem judaica que dominaria seus videoclipes mais tarde.) Não é coincidência que, neste clipe, um peixe aparece nadando sobre um verso da música que tem a seguinte tradução em português:

Palavras são inúteis, especialmente frases

madonnabedtimestory14

Aqui cabe um parêntese: a imagem acima, como Madonna já revelou, é inspirada na obra de Jenny Holzer, artista conceitual americana que projeta ou expõe frases em tamanho gigante em locais públicos. Veja dois de seus trabalhos:

jenny_holzerjenny_holzer2

Vale também voltar a falar de Leonora Carrington, que teve o peixe como figura central em uma de suas obras, March Sunday, de 1990:

peixe

Uva: Para os cristãos, a uva simboliza a alegria de viver, a grande dádiva divina, e a fecundidade da fé cristã. E da uva, pisada por pés humanos na tradição antiga, vem o vinho, símbolo do sangue de Jesus.

madonnabedtimestory19

Olho: Como símbolo cristão antigo, o olho representa ideias, conceitos e abstrações, tão caras ao surrealismo e a Bedtime story. É também a imagem da onisciência de Deus.

madonnabedtimestory01

Anjo caído: Para os cristãos, anjos são elos entre Deus e o homem, mensageiros divinos. E anjos caídos, despojados de suas asas, são aqueles que foram banidos do Paraíso por terem se rebelado contra Deus. Lúcifer é o mais conhecido dos anjos caídos.

madonnabedtimestory32

Ovo e criança: O ovo aparece em alguns momentos de Bedtime story. Para o cristianismo, é um símbolo da geração da vida, do nascimento e do renascimento. É o casulo onde está a origem da vida, e não por acaso a célula sexual feminina ganhou o nome de óvulo. Na Páscoa, o ovo representa a renovação da vida, assim como a criança.

madonnabedtimestory26

Curiosamente, o ovo é figura recorrente nas pinturas de Leonora Carrington, uma das grandes inspiradoras de Bedtime story. Abaixo, dois exemplos – Ab eo quod (1956), em que também aparecem o vinho e a uva, e Quería ser pájaro (Queria ser pássaro, (1960):

121

151

Girassol: Outro síbolo da Páscoa. Representa a busca da luz em Cristo. Assim como o girassol busca o Sol, os cristãos buscam em Jesus o caminho, a verdade e a vida.

madonnabedtimestory04

Octograma: A estrela de oito pontas é, em algumas culturas, outro símbolo da criação e da fertilidade. Para os cristãos, simboliza regeneração. Por isso, muitas pias batismais têm base octogonal. Em uma cena do vídeo, uma criança aparece sentada sobre uma estrela de oito pontas:

madonnabedtimestory37

Repare que o girassol e a criança aparecem mais uma vez na imagem acima.

Pavão: Nas cenas em que Madonna aparece grávida em Bedtime story, há um pavão de cada lado. No cristianismo primitivo, o pavão simboliza ressurreição e está relacionado à Páscoa. Para outros, o pavão também é símbolo de eternidade, devido à antiga crença de que sua carne não se deteriora após a morte. Porém, em outras tradições, o pavão também representa a vaidade, o Olho Que Tudo Vê e o anticristo.

madonnabedtimestory17

Leonora Carrington, uma das inspiradoras de Bedtime story, também retratou os pavões em sua arte, como na pintura abaixo, Peacock of Chen (Pavão de Chen, 1971):

peacock

Gravidez: Obviamente, é a vida em gestação, o milagre da vida, a iminência do nascimento de uma criança e do renascimento da mãe.

Água: Presente em todo o videoclipe, a água simboliza a origem, pois, como se diz, toda vida vem da água. O banho é um renascimento, e não por acaso a água é essencial para o batismo. Além disso, entrar na água também pode representar um mergulho no inconsciente para algumas culturas. Aqui cabe voltar à letra da música:

And inside we’re all still wet

(E por dentro ainda somos todos molhados)

Rocha: Em algumas culturas, a rocha representa o ventre, o lugar onde a vida se origina. Na Bíblia, a rocha é constantemente citada como uma referência a Deus e a Cristo. No Antigo Testamento, ela representa  a força, a proteção, o refúgio e a salvação do povo por parte do Criador. No Novo Testamento, Cristo é a pedra fundamental de tudo, é a rocha de onde flui o espírito da vida.

Algas: O verde que brota por entre as pedras sob a água é a vida nascendo e se impondo. A alga é a fonte primária de oxigênio, essencial à vida. Uma determinada cena de Bedtime story reúne este e os dois símbolos acima: alga, pedra e água:

madonnabedtimestory38

Livro: O livro, quando aberto, simboliza a revelação da verdade, a palavra de Deus.

madonnabedtimestory34

Papoula: Simboliza sonolência espiritual e o sono da morte. Por isso, ela frequentemente aparece retratada em crucificações e mortes de santos. De sua flor se extrai o ópio, droga alucinógena. E do ópio se faz a morfina, droga que alivia as dores insuportáveis, mas que também pode causar alucinações e levar à morte.

madonnabedtimestory25

Círculo: Outro símbolo de eternidade, por não ter começo nem fim.

madonnabedtimestory03

Esqueleto: Símbolo universal da morte. No cristianismo, o crânio posto ao pé da cruz traz a mensagem de que todos morrem, mas podem continuar vivendo em Cristo.

madonnabedtimestory39

Poço: É a fonte da água, da vida. Representa o ventre, lugar de nascimento e renascimento. É também uma lembrança de Jesus, a fonte da água da vida, como ele se referiu a si ao pedir água a uma mulher que estava diante de um poço. Uma certa cena de Bedtime story sugere que Madonna está dentro de um poço, observada por um homem que se encontra na superfície.

madonnabedtimestory11

Lua e estrela: Também há símbolos islâmicos em Bedtime story. A lua ao lado de uma estrela é o mais conhecido símbolo do Islã. Mas é também uma representação do poder para transportar através do cosmo.

madonnabedtimestory27

 islam

Derviches: São integrantes de uma seita islâmica cuja dança em rodopios contínuos culmina com um transe hipnótico, num ritual de entrega cujo objetivo é o êxtase. Em geral, eles defendem a mente aberta e a arte. Usam uma camisa branca (que representa uma mortalha) com um casaco por cima. Tirar o casaco durante o ritual é nascer para a verdade. Dançam em torno do próprio eixo para se sentirem no olho de um furacão, o lugar sossegado em meio à tormenta, e assim se conectam com Deus, que está dentro de todos.

madonnabedtimestory10

Escrita árabe: Bedtime story mostra palavras em árabe escritas no chão. São a tradução dos versos finais da canção:

And all that you’ve ever learned, try to forget

I’ll never explain again

(E tudo que você aprendeu até hoje, tente esquecer

Jamais explicarei novamente)

madonnabedtimestory16

E agora, clique aqui para assistir ao vídeo completo!

Read Full Post »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 67 outros seguidores